MUUVIT INTEGRA CRIANÇAS REFUGIADAS

Postcard postcard refugees

“Somos todos diferentes, mas nessa classe ficamos juntos” este é o lema da classe  de integração, em uma escola em Munique. Os 23 integrantes desta sala diferente são de 6 a 11 anos e a maioria deles vem da Síria, Afeganistão e Marrocos. 

A tutora da classe, senhora Brauchart, comentou: “ As crianças estão em estágios diferentes de desenvolvimento, então ensinar para eles é um desafio todos os dias. E também temos novas crianças chegando constantemente. As habilidades linguísticas e as idades são bem variadas, e alguns precisam de uma atenção especial por outros problemas também, como deficiência auditiva e assim por diante. Então temos que ser bem flexíveis.”

 Há poucas semanas, a classe iniciou o Muuvit, um programa  gratuito que incentiva as crianças a se movimentarem, e a cada 10 minutos de atividade física, eles ganham pontos que permitem realizar viagens virtuais através de uma plataforma online

“Nosso objetivo é ajudar as crianças a serem mais ativas e fazê-las curiosas sobre outras culturas através da aventura virtual” disse Juha Villanen, um dos responsáveis pelo Muuvit.

“Começamos nossa viagem em Munique, e depois viajamos para Veneza” comentou a professora Brauchart. De lá, a classe vai gradualmente viajando até Reykjavik, na Islândia.

Sônia e sua irmã Sima disseram que sua atividade favorita é pular corda, enquanto a maioria dos meninos gostam de futebol. Quando perguntados de onde vieram, um menino respondeu: “ Meu nome é Remi, tenho 8 anos e vim da Síria, Turquia, Itália e Alemanhã” e descreveu sua jornada até Munique. Sumaya, no entanto, não entendeu a pergunta, até que seu colega traduziu para ela. “ Sumaya, Afeganistão”, ela respondeu.

Quando se fala em integração, o Muuvit ajuda dando às crianças um objetivo comum: conhecer diferentes culturas e países.

“Quando participamos do Muuvit, eles sabem que vamos nos exercitar juntos.” Comentou a professora Brauchart. A classe decidiu ser o mais ativa possível tanto na escola como em seu tempo livre – porque querem visitar o máximo de países possíveis e chegar ao seu destino: Islândia.